Loading
Associe-se

Um Lehman Brothers à chinesa? Ações da Evergrande caem para o valor mais baixo em onze anos

Um Lehman Brothers à chinesa? Ações da Evergrande caem para o valor mais baixo em onze anos
Publicado em 21 Setembro, 2021
Partilhar

As ações da Evergrande, grupo imobiliário chinês, caíram quase 19%, chegando ao valor mais baixo em onze anos, prolongando as perdas dos últimos meses, informa a agência Reuters.

Ao meio-dia de Hong Kong as ações valiam cerca de dois dólares locais (menos de 0,25 euros), o valor mais baixo desde maio de 2010.

A unidade imobiliária da empresa caiu mais de 12%, enquanto a sua unidade de automóveis elétricos caiu 8%. A empresa de transmissão de filmes Hengten Net, detida maioritariamente pela Evergrande, caiu 14%.

A Evergrande tem tentado angariar fundos para pagar a sua dívida de cerca de 300 mil milhões de dólares (aproximadamente 255 mil milhões de euros), com os reguladores a avisar que a sua dívida pode desencadear riscos mais amplos para o sistema financeiro do país.

A economia chinesa treme, pois pode estar perante um colapso como o do Lehman Brothers.

Fonte: Expresso