Loading
Associe-se

Angola e China celebram 40 anos de relações bilaterais

Angola e China celebram 40 anos de relações bilaterais
Publicado em 13 Janeiro, 2023
Partilhar

Os eventos organizados com suporte institucional da Embaixada da China em Angola, além de assinalar as quatro décadas de cooperação entre os dois países, de acordo com uma nota a que o Jornal de Angola teve acesso, saúda também os 13 anos da parceria estratégica sino-angolana.

A iniciativa de promover fóruns e workshops demonstra, seguramente, a alta importância manifestada pelo Governo chinês ao desenvolvimento das relações bilaterais, reforçada nos últimos anos com esforços conjuntos, beneficiando os dois países e povos.

Numa abordagem recente ao “JA”, por ocasião de um acordo rubricado pelos países no sector da Saúde, o embaixador chinês em Angola, Gong Tao, enfatizou que as relações sino-angolanas obtêm, nos últimos anos, um conjunto de realizações, sucessos e avanços.

“As áreas de cooperação entre os dois países são mais amplas, desenvolve-se integralmente a cooperação bilateral nos domínios político, diplomático, económico e comercial, cultural, educacional, consular, policial, militar e outros”, sublinhou, na altura, para em seguida destacar que a China se tornou no maior parceiro de Angola.

“A China é o maior mercado de exportação de petróleo angolano, principal país de origem de financiamento e o maior país de origem das mercadorias importadas de Angola. Ao mesmo tempo, Angola tornou-se o segundo maior fornecedor de petróleo da China no mundo, segundo maior parceiro comercial e o terceiro maior mercado de contratação de engenharia em África”, elucidou.

As celebrações dos 40 anos das relações bilaterais entre Angola e a China será assinalada, igualmente, com a realização da Gala de Festival da Primavera 2023.

Jornal de Angola