China vai ter a maior empresa mundial de energia

China vai ter a maior empresa mundial de energia

A fusão do principal grupo mineiro e de uma das maiores elétricas da China vai permitir ao país criar a maior empresa mundial energético. A SASAC (State-owned Assets Supervision and Administration Commission), organismo responsável por supervisionar os conglomerados do Estado chinês, já aprovou a fusão, segundo a agência Lusa.

A fusão entre o Guodian Group e o Shenhua Group insere-se na estratégia de Pequim em fomentar um processo de fusões entre os grupos estatais que tem o monopólio de indústrias como carvão, energia, aço e químicos.

A política económica chinesa é caracterizada pela concentração dos setores-chave nas mãos de empresas estatais. No entanto, há cerca de um mês a China estipulou o prazo de um mês para liberalizar as principais empresas públicas.

A comunidade internacional, incluindo organismos como o Fundo Monetário Internacional, tem pressionado Pequim para que acelere o processo.

Jornal Económico

Leia a notícia na íntegra AQUI

Pub