Delegação de Shenzhen visita Lisboa e reforça cooperação

Delegação de Shenzhen visita Lisboa e reforça cooperação

A  Câmara de Comércio e Indústria e Luso-Chinesa (CCILC) em parceria com autoridades da província de Shenzhen e com o apoio da Embaixada da República Popular da China em Lisboa, organizou no passado dia 8 de junho à tarde o China (Shenzhen-Longhua) –Portugal Economic & Trade Seminar, no Hotel Intercontinental.

Durante o período da manhã, a delegação chinesa visitou a JP Sá Couto, empresa portuguesa de referência no sector tecnológico,atualmente um dos sectores mais relevantes na China, em particular  na Zona Económica Exclusiva de Shenzhen.

Seguiu-se um almoço no Hotel Intercontinental, onde estiveram presentes, juntamente com a delegação, o ​Diretor-Geral das Atividades Económicas, Artur Lami e o Secretário-geral da CCILC, Sérgio Martins Alves, ambos oradores no Seminário, no qualdiscursaram sobre as crescentes oportunidades para o investimento chinês em Portugal, e da necessidade de se continuar a fortalecer e promover as relações económicas entre a China e Portugal.
 
Pela comitiva chinesa, o Vice-Presidente do Distrito de Longhua, Chen Jian Ming e o Diretor-Adjunto do Departamento de Promoção Económica de Shenzhen, Luo Chun Xiang, colocaram especial enfâse no desenvolvimento tecnológico de Shenzhen e Longhua, bem como as novas e contínuas oportunidades de investimento, uma vez que Shenzhen é considerado um dos principais centros financeiros, urbanos, culturais e administrativos da China atual. 

De assinalar a constante abertura e disponibilidade manifestada por parte das entidades chinesas presentes no apoio às empresas portuguesas que procurem, através de Shenzhen-Longhua, oportunidades de negócio, parcerias, contactos, informação, entre outros, com a já referida relevância do setor tecnológico e de inovação, possibilitando a criação de importantes sinergias que potenciem o crescimento económico e comercial entre dos dois países.

No final do evento foi assinado um Memorando de Entendimento cujo objetivo será ajudar ambas as Partes a promover, dentro dos limites de sua própria competência, um clima de cooperação recíproca estável.

 

 

Pub