Loading
Associe-se

Negócios chineses em países lusófonos atingiram os 1,2 mil MEuro em 2018 – relatório

Negócios chineses em países lusófonos atingiram os 1,2 mil MEuro em 2018 – relatório
Publicado em 4 Junho, 2019
Partilhar

Este valor representa um acréscimo de 10,9% em relação a 2017, pode ler-se no mesmo documento, apresentado na inauguração do 10.º Fórum Investimento e Construção de Infraestruturas (IIICF, na sigla em inglês) que termina sexta-feira em Macau.

A China e os países lusófonos assinaram 5.620 novos projetos na área de construção de infraestruturas entre 2008 e 2018 no valor de 101 mil milhões de euros, segundo o mesmo documento.

O número de trabalhadores deslocado pelos construtores chineses para os países de língua portuguesa, nesses 11 anos, atingiu os 203 mil, sendo que, destes, 19 mil estavam a trabalhar naqueles territórios no final de 2018.

A edição deste ano do fórum conta com mais de dois mil empresários, académicos e políticos, dos quais mais de 50 governantes oriundos de 40 países e regiões, num evento cujo orçamento está estimado em 39 milhões de patacas (4,3 milhões de euros) e que é promovido sob a orientação do Ministério do Comércio da República Popular da China e do Governo de Macau.

O IIICF inclui 36 fóruns paralelos, exposições, seminários de promoção de projetos e bolsas de contacto, entre outras atividades de negociação comercial, para operacionalizar a cooperação entre os países envolvidos na estratégia adotada pelo Governo chinês denominada de “Uma Faixa, Uma Rota”, que visa o desenvolvimento de infraestruturas e investimentos em países europeus, asiáticos e africanos.

Diário de Notícias