China inaugura primeira base militar no exterior

China inaugura primeira base militar no exterior

O Exército Popular de Libertação chinês inaugurou na terça-feira a primeira base naval fora do seu território, no Djibuti, um pequeno país localizado no nordeste da África. As autoridades chinesas descrevem essas instalações como um “centro de logística” que servirá às tropas mobilizadas no continente, mas a iniciativa também reflete a vontade de Pequim de desenvolver uma frota naval capaz de operar em águas profundas e defender os numerosos interesses que o gigante asiático tem longe de casa.

Cerca de 300 pessoas participaram da cerimônia de inauguração do complexo, de acordo com meios de comunicação estatais. Pouco se sabe sobre o tamanho ou a quantidade de pessoal destinado à base, situada a mais de 7.000 quilômetros da costa chinesa e cuja construção foi acordada no início de 2016 pelos Governos de ambos os países. Sua finalidade, de acordo com Pequim, é dar apoio logístico aos contingentes chineses que participam de várias missões das Nações Unidas na região, principalmente as tropas que fazem parte dos capacetes azuis no Mali e no Sudão do Sul e às que realizam operações contra a pirataria no golfo de Áden e na costa da Somália. Estados Unidos, França e Japão também têm bases militares nesse pequeno país africano.

El País

Leia a notícia na íntegra AQUI

Pub